Você Sabe Usufruir dos Benefícios da Sua Mente?

Ao nos apegarmos à pequenez da nossa realidade materializada, esquecemos do potencial que tem a nossa mente. A mente é um campo de energia e consciência, de flutuações de sentimentos, pensamentos e emoções. É um campo de informação e energia inteligente.

O problema nosso com a mente é que ainda não aprendemos como fazer flutuar nossos pensamentos e emoções adequadamente dentro desse campo criativo, de tantas possibilidades, porque nossa consciência ainda está limitada por crenças dos mais variados tipos – religiosas, científicas, filosóficas, políticas e fundamentalistas. Carregamos uma resistência para experimentar novos conhecimentos a não ser aqueles que se enquadram dentro das nossas crenças. E é essa resistência que provoca nossa capacidade limitadora de não conseguir compartilhar nem receber e, portanto, sermos, na maioria das vezes, seres inertes e infelizes.

A verdade não está nas suas crenças, limitadas a uma minúscula porção de conceitos aos quais você se apega para sentir-se em segurança, com medo de aventurar-se no infinito campo das possibilidades da consciência e da imaginação. A verdade vai se revelando, em pequenas porções, na medida em que você deixa sua mente livre. Assim, a consciência se prepara para recebê-la e o sistema nervoso se aperfeiçoa para processá-la. É, portanto, um processo de esforço mental e físico conjuntamente.
 
Se nós pudermos compreender o que está por trás da realidade aparente, então sim nos tornaremos criadores conscientes, mas, para isso acontecer precisamos expandir ainda mais a consciência e nos permitir expiar o fundo da toca do coelho em busca das novidades que lá se escondem.
 

O mais profundo se revela somente àquele que se permite experimentar as novas aventuras na viagem da existência. Aos que se amedrontam diante do novo, só resta uma vida de rotinas repetitivas e amargurantes, de tristezas e desânimo.

Se a realidade física nos prende no espaço e no tempo, nossa imaginação e nossa consciência podem se expandir para além de qualquer limite. 

E, ao expandir a consciência, o campo das percepções se amplia, e aqueles movimentos por trás da realidade aparente começam se revelar, e você começa compreender que tudo o que existe só existe porque a mente imaginou e projetou. A mesma mente divina, que é você, eu e todos nós. Para alcança-la e deixa-la livre é necessário estar verdadeiramente consigo mesmo ao ter um encontro periódico com o seu Eu Superior.


© 2019 - Luz da Consciência